O que é a Nova Medicina Germânica e seu poder de cura?

O que é a Nova Medicina Germânica e seu poder de cura?

Conceito da Nova Medicina Germânica

Através desse artigo, iremos definir o que é a Nova Medicina Germânica e seus benefícios para profissionais ou pacientes.

O precursor da Nova Medicina Germânica é o médico alemão Dr. Hamer, que conduz de forma entusiasta sua luta contra a poderosa indústria farmacêutica mundial. Através de sua experiência clinicando pacientes com câncer, descobriu essa nova prática de cura.

Dr. Hamer iniciou seu estudo na década de 80, após o assassinato de seu filho. O médico descobriu que tinha câncer no testículo e verificou que seus pacientes na clínica de câncer da Universidade de Munique também haviam passado por choques traumáticos antes da doença, confirmando que as origens das enfermidades estão no cérebro.

A Nova Medicina Germânica não é uma terapia holística e nem medicina alternativa.

Mas afinal, o que é a Nova Medicina Germânica?

O que é a nova medicina germânica?

A prática é baseada nas 5 Leis Biológicas Naturais, explicando como fatos traumáticos geram estratégias de defesa no organismo, na busca de ajudar o corpo em resolver esses eventos.

Primeira lei biológica

A primeira lei refere-se que a doença corpórea é resultado de um conflito biológico. Esse choque afeta a psique de forma grave e aguda, esse processo foi nomeado de DHS -Síndrome de Dirk Hamer, com alusão ao filho do Dr. Hamer que morreu assassinado.

Segunda lei biológica

Após o choque do trauma, ocorrem pensamentos recorrentes no período de conflito. Quando o conflito acaba, acontece a fase de reparação com alterações fisiológicas, como agravamento da inflamação, cansaço, alterações na pressão cardíaca e também nos tecidos.

Terceira lei biológica

Essa lei é definida pelas modificações fisiológicas sofridas por cada tecido, também chamada de Sistema Ontogenético dos programas especiais de Sentido Biológico (SBS).

Quarta lei biológica

A quarta lei biológica estabelece que nem sempre as doenças são causadas pelos micro-organismos, também chamada de Sistema Ontogenético dos micro-organismos.

Quinta lei biológica

Segundo a quinta lei biológica, as doenças são instintos de sobrevivência.

Benefícios da Nova Medicina Germânica

A prática de cura germânica permite que profissionais tenham maior segurança sobre o organismo e nas práticas terapêuticas, juntamente com a melhora do relacionamento entre médico e paciente.

Já para os pacientes, a prática traz uma melhor compreensão de seu organismo, levando o indivíduo a tomar decisões seguras sobre o corpo.

Esperamos que você tenha compreendido o conceito da Nova Medicina Germânica e sua importância. Saiba mais sobre o assunto e tudo sobre a formação oficial no Brasil baixando nosso ebook gratuito: A Medicina germânica e seu poder de cura.

 

1 Comentário

  1. Eduardo

    Não vejo diferença efetiva entre esses conceitos da “Nova Medicina Germânica” e de toda a extensa pesquisa que há no sentido das doenças psicossomáticas. Todo trauma, choque ou emoção intensa e inesperada produz um distúrbio na mente, no corpo e no espírito. Para resolver isso há diversos métodos, muitos gratuitos e já ensinados por diversos gurus, avatares, cientistas, pastores, padres, psicólogos, etc. Acho deplorável vender carne seca enchendo-a de enfeites para fazer parecer filé mignon de exclusividade de chef francês. Creio que a ferramenta seja boa e válida, mas o lamentável é a ganância financeira atrelada.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

  • O papel do paciente no tratamento da Germânica Heilkunde🗣️❤️
  • Em que momento os sintomas aparecem?👆
⠀
Assista ao VÍDEO COMPLETO no Youtube:
⠀
Acesse através do meu perfil @marinabernardi_
⠀
ou através do link: https://youtu.be/G0HY60uGrVs
⠀
Marca aqui abaixo um profissional da saúde que precisa saber disso❤
  • 👉 Ecografias revelaram ser possível, durante a gravidez de gêmeos, que um dos fetos “desvaneça”, ou seja, que desapareça podendo ser absorvido ou expelido pelo próprio útero.

Muitas vezes nem mesmo a mãe sabe que ela pode ter perdido um dos filhos porém…

Essa perda pode ficar marcada para sempre na vida do seu irmão gêmeo sobrevivente.

Mesmo sem lembrar conscientemente do ocorrido, o irmão que sente a perda do outro poderá apresentar uma mágoa inconsciente que trará consequências emocionais ao longo da sua vida.

Althea Hayton dedicou longos anos de sua vida pesquisando e ajudando gêmeos sobreviventes a lidar com a sua perda.

Vejamos agora quais são os sintomas mais comuns que foram registrados através da pesquisa de Althea: ✔️Sentir-se angústiado
✔️Sentimento de abandono precoce
✔️Sensação de Perda
✔️Insatisfação com a vida
✔️Sentir-se rejeitado
✔️Falta de pertencimento, desadequação permanente face ao mundo
✔️Sentir a dor dos outros como se fosse a própria
✔️Presença de amigos imaginários durante a infância

E isso é muito mais comum do que imaginamos. 
Marque uma pessoa abaixo que precisa ler isso hoje!

Siga-me!!!